Inscreva-se no canal

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Cor vermelha só para ricos!

Calma, a cor vermelha ser proibida para os pobres foi há muitos séculos.  


Por volta do século XII havia um código de vestimenta na Europa, cores e tecidos que os pobres podiam usar e os que apenas a nobreza podia vestir. A regra era: ninguém pode usar uma roupa mais luxuosa que a sua condição.


E se usasse? Era preso, até executado.

Ahhhh ia faltar cemitério hoje para enterrar tanta gente que se endivida em cartão só para usar roupinha mais luxuosa que a sua condição social....

O tecido era algo extremamente caro, então quando mais tecido numa roupa, mais dinheiro a pessoa tinha.


Cor vermelha só para ricos!


Por séculos, o mais bonito eram cores luminosas, intensas, já os pobres só podiam usar roupas não tingidas como pardo e cinzento. Vermelho? Só a nobreza. 

Sim, o vermelho do Oscar é uma herança histórica! Você consegue imaginar o Óscar com um tapete amarelo? Cinza? 


Cor vermelha, proibida para pobres!

E que cor os pobres podiam usar? 


Cor vermelha, proibida para pobres!



Viu, e hoje que o povão pode usar colorido o que os ricos fazem? Vão no nude. 

Talvez a moda tenha levado a sério demais o conselho da Dona Florinda: não se misture com a gentalha!

(e antes de rolar julgamentos, já aviso, faço parte da gentalha!)

O vermelho mais antigo é o púrpura, mas essa cor era um vermelho que puxava para o violeta. Essa era a cor mais cara que existia, e era um segredo absoluto da tinturaria imperial. Porém, com a queda de Constantinopla, o segredo foi perdido e o púrpura se tornou o vermelho que era o segundo corante mais caro. Surgiu então o vermelho púrpura. Essa cor vinha de um tipo de piolho que dava em arbustos. Os ovos desse inseto tinham um líquido vermelho muito intenso. Do nome desse inseto “Kermes” veio o nome carmesin e carmim. 

Cor vermelha, proibida para pobres!


 Pois é, o PT (Partido dos trabalhadores) partido que se diz se preocupar muito com os pobres, tinha que repensar a sua cor vermelha. O mesmo da bandeira socialista. 


Para vocês terem ideia, 1 kg de tinta de kermes podia tingir apenas 10 kg de lã. E para fazer esse um kg era necessário 140 mil ovos de kermes. E o melhor, era uma tinta resistente à luz, ao contrário da maioria das cores da época que desbotavam facilmente. Os tapetes da idade média tingidos com essa tinta até hoje mantém um vermelho intenso. 

Que tal outra curiosidade sobre o vermelho?


Cor vermelha, proibida para pobres!


 Esses japoneses, já fizeram a Pepsi Crystal que é transparente, agora essa bizarrice de morangos brancos. O que vai vir agora? Melancia quadrada?

Ah é, eles já fizeram isso.




Nenhum comentário:

Postar um comentário