Inscreva-se no canal

sábado, 27 de outubro de 2018

Direita e Esquerda, como se formou?


As suas mãos, direita e esquerda, se formaram lá pela 5º e 8º semana de gestação, no útero da sua mãe. Mas essa direita e esquerda se formaram há 229 anos no útero de Paris.

Para entender essa coisa de direita e esquerda a gente vai ter que dar uma ré e chegar à França por volta de 1770, século 18. Nessa época, a França era governada por um Luís, o Luís 16. Não ele não tinha 16 anos, mas era o 16º Luís da França  . Esse Luís era um rei, mas não era qualquer rei, ele tinha poderes absolutos.

Ou seja, não era apenas um homem de peruca e calças justas, era um semi-deus, um homem enviado pelo todo poderoso para governar a França, como eram todos os reis absolutistas. 

Se ele era assim tão divino, é óbvio que não se podia desobedecê-lo, tocá-lo, desconfio que nem olhar para ele podia.

Esse rei era como um shampoo 3 em 1, pois ele era ao mesmo tempo, o legislativo (fazia as leis) o executivo (executava as leis) e judiciário (julgava). Isso que é acúmulo de função!

Direita e Esquerda, como se formou?

Bom, se o rei fazia três coisas ao mesmo tempo, então era muito mais barato manter um estado absolutista.

Aí que tá, não era. 

Porque a sociedade na França se dividia em três também: primeiro estado (era o clero, a igreja), segundo estado ( nobreza que possuía muitas terras) e terceiro estado ( todo o resto que era a população da França, os camponeses  e a burguesia como os banqueiros e os empresários. Dentro do terceiro estado tinha a alta burguesia e a baixa burguesia ).

O rei gastava muito, a monarquia gostava do bom e caro e o rei ainda bancava a vida luxuosa do clero e da nobreza. 

A cobrança de impostos que ficava por conta do terceiro estado era altíssima, e como a própria palavra diz: era IMPOSTO! Não tem escolha, ou tu paga ou tu paga. 



Direita e Esquerda, como se formou?

E detalhe, o terceiro estado era 96% da população! O rei taxava a compra de diversos produtos inclusive o sal que era muito caro e artigo de primeira necessidade! Deve ser daí que veio o termo: salgado esse preço!



direita e esquerda, como se formou?

E para piorar, alguns pensadores começaram a incomodar. Começou a circular de forma clandestina, panfletos pelo país divulgando ideias de igualdade entre os homens e que questionavam esse sistema de divisão na sociedade como primeiro estado, segundo e terceiro estado. Defendiam também o direito à propriedade privada. Eram as ideias iluministas que vinham chacoalhar a frança. 

A França vivia uma grande crise financeira, participou de guerras que fez um rombo nos cofres, invernos rigorosos que fez cair muito a produção de alimentos levando a inflação nas alturas e tinha muito desemprego no país.
Passou então a cobrar cada vez mais impostos e claro,, o rei ficou bastante impopular nessa época. Se vivesse hoje o #foraluis16 estaria nos trending topics.

O povo do terceiro estado cansados dessa exploração se revoltou, queria que  nobreza e do clero também pagasse impostos. 

A crise financeira virou crise política, e aí meus caros, a coisa degringolou de vez. O rei então convocou a Assembléia dos Estados Gerais em maio de 1789. Foram os representantes de cada estado. O terceiro estado era representado pelos girondinos e jacobinos. 

Os jacobinos eram um grupo formado pela pequena burguesia e se chamavam assim por que se reuniam no convento de Saint Jacques,  era o grupo radical da revolução. Defendiam uma mudança completa no governo do país, começando pela queda do rei, que deveria ser condenado, e então implantar uma República na França. Defendiam os  trabalhadores e artesãos franceses, a parcela mais humilde do povo.

Já os Girondinos era um grupo moderado  que vinham da região da Gironda no interior da França  e desejavam uma monarquia constitucional, ou seja, que o rei seguisse uma constituição e não tivesse poderes absolutos. Esse grupo recebia apoio de membros da alta burguesia.


Era um voto por estado, o problema é que o primeiro e o segundo estado eram unidos e os dois votariam sempre a favor deles. O terceiro estado nunca conseguiria votar nada. Eles bem que tentaram fazer o voto individual (já que eles eram a maioria) mas não conseguiram. O clero e a nobreza queriam resolver a crise, mas não queriam perder seus privilégios.

E quem quer?

Como o terceiro estado viu que nada ia rolar resolveu cortar relações. Romperam a participação nos estados gerais e criar a assembleia nacional constituinte, ou seja, queriam uma constituição para frança. 

Houve pressão para que a França tivesse uma constituição e que o rei se submetesse a ela e o Luis, “aceitou”. Até porque, o croissant do Luis estava assando...Quando a gente está com fome costuma ficar irritado, agora pensa em milhões de pessoas assim. Acho que o rei usava peruca porque ele perdeu todos os cabelos nessa crise. 

O rei ao tentar por fim a assembleia nacional constituinte, fez o povo se rebelar e em 14 de julho de 1789, em busca de armas e munição para combater as tropas reais, uma multidão invadiu a bastilha (fortaleza que era usada como prisão real em Paris). A onda de violência se quebrou sobre a capital e o rei enxugava o suor da testa. É iniciada a Revolução Francesa! 

Em agosto de 1789 o terceiro estado, liderados pela alta burguesia, convocou a Assembleia Nacional Constituinte  que eliminou os privilégios do primeiro e segundo estado, e dias depois é emitida  a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão inspirada nas ideias iluministas. Nessa Assembleia, os jacobinos (radicais) se sentaram à esquerda. Já os girondinos, mais moderados, sentaram-se à direita. E a todo momento falava-se, grupo da esquerda, grupo da direita, e foi daí que veio o termo.

Direita e Esquerda, como se formou?



 Prevendo a ameaça o rei Luís XVI tramou uma contrarrevolução para retomar o seu poder, e a população parisiense quando descobriu,  prendeu o rei e sua família. O Rei e sua esposa, Maria Antonieta, tiveram suas cabeças decepadas pela guilhotina em 1793 e a Monarquia Constitucional chegou ao seu fim no mesmo ano.

Se pensarmos em países como A Inglaterra, a Austrália, Índia, lá, se dirige do lado direito, enquanto na maioria dos países se dirige do lado esquerdo. Entretanto, não faz a menor diferença de que lado o motorista o motorista está sentado no carro, o que importa, é dirigir para frente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário